PESQUISA E ESTUDOS DE SUPORTE

 

Realizar o Inventário de Emissões de GEE significa mapear, de forma estratégica, o perfil das emissões de carbono do território. Esse diagnóstico permite identificar quais são as atividades com maior índice de emissões de GEE, viabilizando a implantação de estratégias para redução das emissões. O Inventário de Emissões de GEE é o primeiro passo para desenvolver uma política de baixo carbono.

 Realizar o Inventário de Emissões de GEE significa mapear, de forma estratégica, o perfil das emissões de       carbono do território. Esse diagnóstico permite identificar quais são as atividades com maior índice de   emissões de GEE, viabilizando a implantação de estratégias para redução das emissões. O Inventário de     Emissões de GEE é o primeiro passo para desenvolver uma política de baixo carbono.

 

O inventário de GEE contabiliza de maneira precisa as emissões de carbono, constituindo-se um instrumento de trabalho para pesquisadores, estudantes, técnicos e tomadores de decisão envolvidos em ações de mitigação e adaptação às mudanças climáticas, a partir da implementação de programas, planos de ação ou projetos, de acordo com os princípios e critérios estabelecidos.

 

 

Esta pesquisa representa um passo à frente no manejo de precisão pela incorporação do perfilamento a laser (Lidar – light detection and range) como ferramenta de planejamento e monitoramento de florestas tropicais. A pesquisa permitiu descrever em detalhe a metodologia de elaboração de modelos tridimensionais do terreno de elevada precisão que permitem ao usuário planejar todas as operações relativas ao manejo florestal, monitorar os impactos dessas operações e a estimativa de biomassa, volume e estoques de carbono das florestas amostradas pelo Lidar. Os modelos apresentados no foram construídos e validados em um plano de manejo florestal administrado pelo governo do Estado do Acre, na Floresta Estadual do Antimary, por meio de uma parceria entre Embrapa, Serviço Florestal Americano e governo do Estado do Acre.

 

Ir para o topo