Monitoramento participativo

Um projeto piloto de monitoramento comunitário foi desenvolvido no Estado do Acre, mais precisamente na área da Reserva Extrativista Chico Mendes. Parte da iniciativa Forest Compass do Global Canopy Programme (GCP), o Projeto Sinal Verde agregou diferentes atores e instâncias de participação: os comunitários da Reserva, agentes da sociedade civil organizada, do governo estadual, do governo federal e de organizações internacionais.

_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

O objetivo do Projeto consistiu em criar um sistema participativo de monitoramento utilizando tecnologias digitais que atendessem às necessidades locais e externas de monitoramento. Os resultados trouxeram dados relevantes sobre temas sociais, econômicos e ambientais, além de uma avaliação independente dos impactos de programas e políticas públicas voltadas para a conservação e desenvolvimento dos meios de vida das comunidades extrativistas.

 

 

______________________________________________________________________________________________________

 

As informações geradas puderam contribuir com a busca de sinergias entre os atores e as escalas de governança para auxiliar a gestão compartilhada da Reserva e orientar as políticas e estratégias no âmbito do Sistema de Incentivos a Serviços Ambientais do Estado do Acre (SISA), com foco nas salvaguardas socioambientais.

Saiba mais. Acesse o Relatório do Projeto Sinal Verde.

 

 

_____________________________________________________________________________________________________

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *